09/03/2018

Mini-férias em São Paulo

Olá pessoas!

Nesse mês meu marido tirou férias, e resolvemos fazer uma pequena viagem. Ficamos cinco dias em São Paulo, e vou falar um pouco das coisas que fizemos.


Nós não tínhamos programado nada, não tínhamos roteiro, por isso muitos dos passeios consistiram em apenas andar por aí. Mas nessa viagem consegui realizar um sonho que tinha há muito tempo. Por isso, mesmo que tenha sido uma viagem simples, quero deixar registrado aqui pra lembrar sempre!


Nós viajamos na quinta, dia 1. Tiramos esse dia pra resolver um negócio pra uma amiga no Hospital São Paulo. Foi bom porque eu tive pretexto pra andar mais ainda de metrô, uma coisa que pode parecer boba, mas me deixa feliz demais. Aqui em Pinda o preço da passagem é quase o mesmo do metrô, com uma diferença de 10 centavos. E eu fico simplesmente maravilhada de poder atravessar a cidade com 4 reais.

Ficamos hospedados no Prodigy, que fica no Brooklyn Novo. O lugar é muito lindo (infelizmente não tirei fotos ;_;), confortável e pertinho da estação Berrini. O único problema que tive foi a minha saga do pé frio com respeito à piscinas. Meu marido tem alergia à maresia (sim), e eu como uma grande amante de praia tenho que fazer esse tipo de viagem sem ele. Então quando vamos viajar juntos, a coisa mais importante que procuramos no hotel é a piscina. Pode não ter nada e ser super simples, mas esse é um requisito. O problema é que até agora não tivemos essa sorte. Todo hotel que ficamos estão fazendo limpeza ou reformas na piscina e ela fica indisponível. Um dia dá certo haha


De tardezinha visitamos um café que fica ali perto mesmo, o Café com Biscoito (Rua Guararapes, 1943). É um lugar bem fofinho, com café muito bom e pessoal super atencioso. Lá eles também montam umas cestas de presentes com chocolates artesanais, ou até chocolates em canecas fofas, achei muito legal ;)

De noite resolvemos olhar as programações de museus e tals, e descobrimos que teria uma apresentação da orquestra sinfônica municipal no Teatro Municipal, e que seria na sexta. Assistir a apresentação de uma orquestra sempre foi um sonho pra mim, desde criança. Eu me emociono quando vejo alguém tocando violino na rua, é um tipo de música que toca fundo no meu coração. Porém eu nunca tinha tido a oportunidade de ver uma orquestra tocando ao vivo. Aqui na minha cidade e em Campos do Jordão tem algumas apresentações gratuitas, e eu sempre ficava sabendo quando a data já tinha passado. Eu nem imaginava que isso aconteceria nessa viagem, e foi incrível.




Eu não tenho palavras pra descrever esse lugar. É tão, tão maravilhoso! Eu já tinha visitado só por fora, mas é um lugar encantador em todos os aspectos.
Não pudemos filmar ou tirar fotos da apresentação. Mas é algo que eu não quero esquecer. A sensação que tive ouvindo os instrumentos, as vozes dos solistas...quero que fique pra sempre na memória <3


No sábado passamos o dia todo na Liberdade, um dos meus lugares favoritos em São Paulo. Visitamos as feirinhas, andamos em todas as galerias, só apreciando esse lugar incrível. Eu não conheço muitos lugares lá, principalmente pra comer já que não comemos nenhum tipo de comida oriental, por enquanto. Mas o que me salvou foi um café que eu conheci graças à Simone do Agridoce Cereja e a Carla do Faltou Acúçar. Em fevereiro quando eu estive lá com a minha mãe pra um curso, tivemos o prazer de conhecê-las e elas nos levaram lá. Então nesse sábado fiquei super felizinha de conhecer algum lugar e me senti importante por andar fora da avenida principal como se soubesse muito o que tava fazendo.


O Café Liberté fica na rua Américo Campos, 118. Vale muito a pena visitar. O lugar é lindo, a decoração maravilhosa, e comidinhas deliciosas.


 Fatos sobre nós: sempre vamos tirar fotos do Batman pra mandar pra minha mãe

No domingo passamos o dia inteiro na Paulista, e eu pude visitar a Casa das Rosas. Ela fica no número 37, bem no comecinho mesmo, e é um lugar incrível. É um casarão com uma arquitetura muito bela e lá dentro tem várias exposições legais. O jardim é uma obra de arte, tão perfumado! Dá pra passar horas admirando a criação nesse lugar, é realmente impressionante.












O que mais me impressiona na Paulista é a diversidade de coisas que encontramos lá. Na mesma rua tinha um cara fazendo rap, um banda tocando rock, um grupo de rockabilly... era tanta gente diferente! Dá vontade de ficar lá sentadinha só vendo o pessoal passar.


É isso ;)
Não tem nada melhor do que passar tempo de qualidade com quem a gente ama! Qualquer passeio simples se torna memorável com a companhia certa :D

Qual foi o melhor lugar que você já visitou?

2 comentários:

  1. Seu conteúdo é sempre uma mistura de simplicidade, singeleza e dedicação, nos detalhes bonitos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own querida *-* muito obrigada! Eu divido o que gosto e faz sentido pra mim <3

      Excluir